O “Guia Descorchados 2017“, mais completo e respeitado anuário sobre vinhos da América do Sul foi lançado no dia 11 de abril, em São Paulo. Nesta 19ª edição estão produtores chilenos, argentinos, uruguaios e brasileiros.

Foram avaliados pelo menos 2.500 vinhos, trabalho que resultou em mais de 1.000 páginas sobre as principais vinícolas da região e seus vinhos. Além de apresentações de vinícolas e regiões produtoras, o livro tem referência de notas de degustações e harmonizações sobre diversos vinhos.

Não canso de repetir que o espumante nacional está consagrado, uma das grandes descobertas do mundo. Os produtores estão investindo cada vez mais, produzindo espumantes fáceis de agradar, geralmente com bastante fruta e uma acidez que limpa e refresca o paladar.

Os melhores espumantes brasileiros

93 pontos: Cave Geisse Terroir Nature 2011 (R$ 165 )

92: La Belle Blanche Brut Rosé (R$ 129,90)

92: Estrelas do Brasil Brut Rosé (R$ 60)

92: Valduga 130 Brut Blanc de Noir 2013 (R$ 130)

92: Casa Valduga Gran Nature 60 Meses 2011 (R$ 150)

92: Estrelas do Brasil Nature ISV12010

92: Cave Geisse Blanc de Blancs 2013 (R$ 105)

92: Hermann Lírica Crua (R$ 76,40)

92: Pizzato Vertigo Nature 2014 (R$ 165)

92: Pizzato Nature 2013

92: Vallontano LH Zanini Extra Brut 2012 (R$ 99,50)

92: X Decima .Yoo Brut Nature Edição Especial 2013

92: X Decima Nature Tradicional 2012

92: X Decima .Yoo Brut Rosé Ed. Especial 2014

92: Domno do Brasil Ponto Nero Moscatel Espumante (R$ 49,50)