Amigos, hoje começo a falar sobre algumas provas comentadas que participei no Essência do Vinho Porto 2017, um evento mágico com momentos incríveis, que dificilmente serão apagados da memória.


O primeiro grande momento foi, sem dúvida, a prova “Vinhos do Porto de Sonho”, escolhidos pelas famílias mais emblemáticas do vinho do Porto, todas com representantes na prova (foto acima), realizada do IVDP.  


Na experiência conduzida por Bento Amaral, diretor serviços técnicos do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP), tive a oportunidade de provar uma seleção dos mais raros, antigos e espetaculares vinhos do Porto, o mais novo com 40 anos, e alguns com mais de 100! Garrafas que chegam a custar 3.500€/unidade. Na realidade são vinhos que não têm preço, tal a história, a resiliência ao tempo e, sobretudo, o significado que representam para o Douro e para cada casa produtora. Sensacional, um privilégio para poucos! Todos incríveis, intensos, complexos e com boa acidez, mostrando a capacidade de envelhecimento da bebida.


Ramos Pinto Porto Tawny 40 Anos Homenagem João Nicolau de Almeida

  • Para assinalar a colaboração do enólogo João Nicolau de Almeida com a Casa Ramos Pinto, foi criada esta edição especial de vinho do Porto Tawny 40 Anos, composto por um total de 320 garrafas numeradas. 350 euros.

Taylor’s Very Old Single Harvest Porto 1967

  • Conhecida mundialmente pelos vinhos do Porto, a Taylor’s apresenta a Coleção Colheitas 50 Anos, uma edição limitada envelhecida meio século em cascos de carvalho. A safra de 1967 é a quarta da coleção e a cada ano será lançado mais um Colheita, sempre comemorando 50 anos. 300 euros.

Kopke 375 Anos Porto Colheita 1940

  • Para celebrar os seus 375 anos, quase quatro séculos de existência, a Kopke lançou essa edição Especial Porto Colheita 1940. O ‘375′ marca não só os anos de aniversário mas também o número de garrafas existentes. O vinho foi feito em plena 2ª guerra mundial, e esteve a repousar ao longo de 73 anos no casco Nº 10053, uma barrica de carvalho de 580 litros. Cada garrafa vem embalada num estojo em madeira de pau-santo, forrado a pele preta com estampagens a ouro. A embalagem inclui o certificado de “Mais Antiga Casa de Vinho do Porto”. 620 euros.

Quinta de Lamelas 4 Gerações Very Old White Porto 1935

S. Leonardo Old Tawny 1895

Graham’s Very Old Tawny Porto 90 (lote 1912, 1924 e 1935)

  • A Graham’s é uma empresa independente, detida a 100% pela família Symington, produtores de Vinho do Porto desde o século XIX e cujos antepassados estiveram na origem das primeiras exportações de Porto em 1652. Esse é um lote especial elaborado a partir de 3 colheitas, 1935, 1924 e 1912, comemorativo do aniversário da Rainha Isabel II. 1,000 euros.

Vallado ABF Very Old Tawny Porto 1888

  • Foi engarrafado em 2016, a tempo de celebrar os 300 anos da Quinta do Vallado. Elaborado a partir de vinhas pré-filoxericas, estagiou em cascos de madeira de 650 litros para, agora, chegar ao mercado ao custo de 3.500€.

Carvalhas Memories Very Old Tawny Porto 1867

  • Para celebrar os seus 260 anos de existência Real Companhia Velha lançou um Porto do séc. XIX datado de 1867, ano da abolição da pena de morte em Portugal. Somente 260 garrafas chegaram ao mercado ao custo de 2.750 euros.