Amigos, aproveitando que a Wines of Chile Brasil promoveu essa semana (24) o dia internacional da uva Camánère, decidi provar mais uma vez o MW Carménère Gran Reserva 2013, ícone da vinícola Maturana Wines, elaborado pelo enólogo José Inácio Maturana no vale do Colchagua\Marchigüe. É melhor vinho que provei dessa variedade, sobretudo pelo enorme equilíbrio e elegância, pela ausência do tradicional toque vegetal exagerado de pimentão (pirazina), pela madeira muito bem trabalhada, sem sobrepor o caráter da fruta (ameixa preta em destaque), pelo álcool quase imperceptível (14,5%), e pela textura fina e ótimo frescor no paladar. Ah, rola aquela baunilha bem agradável também. Amadureceu por 13 meses em barrica de carvalho francês de 170, 225 e 300 litros. Um verdadeiro achado que não deixa a desejar para nenhum outro grande nome do Chile. Produção total de 6.323 garrafas. Importado pela Anbordu Trading (27 2142-2159) e a venda em Vitória no Zanatta (27 3026-6440) por R$ 370.