Degustação vertical às cegas elege 5 safras do Seña como a melhor em comparação com Grand Crus de Bordeaux.

O Seña foi classificado entre os cinco melhores vinhos contra os Bordeaux First Growths (Grand Cru) em degustação vertical realizada em Hong Kong. O Seña Vertical Tasting Tour Ásia também será realizado em Seul e Taipei.

Foi um momento histórico, quando uma sala silenciosa no Hotel Península em Hong Kong com os melhores profissionais do vinho e a imprensa reunidos , descobriram que entre os 10 vinhos provados às cegas os 5 primeiros foram Seña. O evento reuniu no dia 28 de outubro mais de 50 pessoas, entre importantes importadores de vinho de Hong Kong, top sommeliers e jornalistas. Nenhum dos participantes sabia a ordem ou o nome dos vinhos. O objetivo do evento era permitir que os melhores paladares da região provassem a qualidade mundial e o potencial de envelhecimento deste ícone chileno provado às cegas com os melhores vinhos Grand Crus de Bordeaux, França.

O seminário de degustação foi conduzido pelo presidente da Viña Seña, Eduardo Chadwick e, Jeannie Cho Lee, a primeira Master of Wine asiática. A ordem dos dez vinhos foi: Chateau Mouton Rothschild 1995, Seña 1995, Seña 1996, Chateau Margaux 2001, Seña 2001, Seña 2005, Chateau Latour 2005, Seña 2007, Chateau Lafite 2007 Chateau Lafite Rothschild 2007 e Seña 2008. Nenhuma informação foi passada aos participantes sobre as safras ou a origem dos vinhos antes da degustação e cada participante pontuou os vinhos até 100 pontos.

Assim que todos os resultados foram recolhidos, Jeannie Cho Lee incentivou os participantes a compartilhar suas opiniões sobre cada vinho antes de revelar a identidade dos produtos degustados. Durante a discussão, houve um consenso sobre a alta qualidade geral de todos os vinhos provados. No entanto, quando o resultado foi tabulado, houve uma surpresa a todos os presentes na sala. O resultado final foi:

1º. Seña 2008
2º. Seña 2001
3º. Seña 1995
4º. Seña 2007
5º. Seña 1997
6º. Chateau Lafite Rothschild 2007
7º. Chateau Margaux 2001
8º. Seña 2005
9º. Chateau Latour 2005
10º. Chateau Mouton Rothschild 1995

Surpresa com o resultado, Jeannie comentou, “quando Eduardo e eu discutimos pela primeira vez o conceito desta degustação às cegas, eu disse que ele poderia ficar desapontado, especialmente por causa da popularidade dos tintos de Bordeaux na Ásia. Eu estava totalmente errada com a minha preocupação e estou realmente surpresa com este resultado”. E continuou, “eu provei todos os Bordeaux antes da degustação para verificar se estavam bouchonné e gostei muito de como o Margaux 2001 e o Lafite 2007 mostraram-se. Nós provamos safras muito boas de Bordeaux, incluindo a 1995 e 2005, mas o Seña não teve problemas em mostrar sua complexidade e intensidade únicas em comparação com estes grandes vinhos de Bordeaux. Parabenizo Eduardo, não apenas por ter a visão de produzir este vinho ícone, mas também por correr riscos e construir um legado para os vinhos do Chile. Hoje é uma celebração ao Seña, mas também é uma momento histórico para os grandes vinhos do Chile.”

Eduardo Chadwick, emocionado com o resultado comentou, “O nosso Vale do Aconcágua no Chile já é reconhecido como uma das melhores denominações de classe mundial, e o resultado desta degustação atesta o grande potencial de envelhecimento do Seña, que foi criado em 1995 para ser o primeiro vinho ícone do Chile e após 17 anos os vinhos continuam a mostrar uma consistente qualidade em degustações às cegas pelo mundo. Estou muito feliz que o público de Hong Kong hoje reconheceu a qualidade de classe mundial dos vinhos Seña.

A próxima fase do Seña Vertical Tasting Tour na Ásia será realizada em Seul, Coréia e Taipei, Taiwan.

Via: ExpandBlog

Siga o Blog Vivendo a Vida no Twitter