search engine optimizationsubmit websiteemail extractor

Aprenda a fazer cremoso de frutos do mar e harmonize com um bom espumante espanhol.

A nomenclatura francesa “cru” é utilizada para apontar um determinado vinhedo, de acordo com seu terroir (solo, clima e relevo), e serve também para justificar a qualidade do vinho, quando somado de outros adjetivos e referências.

Grand Cru, poderia ser traduzido, literalmente, por grande vinhedo, mas não no sentido do tamanho, e sim da importância. Na região da Borgonha, os vinhos que ganharem o título Grand Cru podem seguramente ostentar a fama da qualidade máxima alcançada da região. Por outro lado, nos famosos Chateaux da região Bordeaux, a mesma designação vai significar um grande vinho sim, porém ocupando o segundo lugar entre os maiorais ali designados por Premier Cru. Os detalhes na aplicação do termo não param por aí. Na sub-região do Médoc, os melhores vinhos são classificados em cinco níveis de “crus”: Premiers Crus, Deuxièmes Crus, Troisièmes Crus, Quatrièmes Crus e Cinquièmes Crus. Já na região de Saint-Emilion, os melhores vinhos são classificados por “Premiers Grand Crus Classés” e “Grand Cru Classés”.

Como estratégia para atrair um novo perfil de cliente, o consumidor de vinho premium, a www.evino.com.br, um dos principais e-commerces de vinhos do País, apresenta seu novo clube de assinaturas. Após o sucesso do Clube Evino, lançado há um ano e já com a marca de quase oito mil assinantes, a loja online aposta em um novo modelo, o Clube Evino Black, com planos de R$189 (duas garrafas), R$359 (quatro) e R$534 (seis).

“Nosso objetivo é democratizar o consumo do vinho no Brasil e, por esse motivo, não poderíamos deixar de fora os apaixonados por rótulos com maior valor agregado. A intenção é apresentarmos opções para todos os gostos e bolsos, para que aos poucos o brasileiro inclua em sua cultura gastronômica o vinho com cada vez mais destaque”, diz ocofundador da Evino, Ari Gorenstein.

A estratégia da Evino é facilitar a escolha dos rótulos. Por meio dos clubes, o cliente já recebe vinhos selecionados por especialistas da loja, inclusive com dicas de harmonização. Aqueles que já são associados ao Clube Evino podem fazer upgrade para o Clube Evino Black ou criar uma assinatura adicional e passar a receber vinhos dos dois planos.

E, para fidelizar ainda mais seus clientes, foi criada uma revista própria. “Além das ações que realizamos pelo Facebook e Youtube, investimos nesta publicação, que é gratuita e vai junto com as entregas mensais dos dois clubes. O consumidor é exigente, quer atenção, produtos novos eexclusivos. Esse é mais um canal de relacionamento com eles.Queremos apresentar um conteúdo com charme, requinte, que abrange desde gastronomia até dicas de turismo”, conta o cofundador da Evino, Marcos Leal.

Está cansado de vinhos pesados, super amadeirados, alcoólicos…? Pois é, eu também. Cansativo, né? Na busca pelo frescor e equilíbrio, provei e indico fortemente o Georges Duboeuf Beaujolais Villages 2013 (R$71 > aqui) elaborado com a uva Gamay no sul da Borgonha, região de Beaujolais > conheça aqui.

Na taça mostrou um visual rubi, límpido e brilhante. O aroma é intenso, alegre, com notas florais, de frutas vermelhas e negras, com destaque para amora, morango e framboesa. Apesar da intensidade o álcool não aparece. Paladar confirma a fruta, leve, macio e nada enjoativo. Acidez viva e gostosa, aportando muito frescor. Final de boca agradável e longo. ST (89). Escoltou muito bem um porquinho…

Em 2 de junho, a APAE DE SÃO PAULO promove a 8ª edição do Leilão de Vinhos da Organização. Em sete anos, o tradicional evento da Organização já arrecadou cerca de R$ 8 milhões, que foram revertidos em prol da causa das pessoas com Deficiência Intelectual.

Neste ano, segundo o diretor-presidente da Organização, Felipe Clemente Santos, “o valor arrecadado no evento será investido na capacitação de profissionais da educação por meio do Instituto APAE DE SÃO PAULO – favorecendo a inclusão escolar de crianças e jovens com Deficiência Intelectual”.

Ainda segundo Santos, “a meta na oitava edição do Leilão de Vinhos é arrecadar R$ 1 milhão”. O evento, que já conta com as presenças confirmadas de Samara Fellipo, Fernando Rocha, Maria Cândida e Geovanna Tominaga, ocorrerá na Sociedade Hípica Paulista – localizada na Zona Sul de São Paulo. As atrizes Carolina Oliveira e Paloma Bernardi, os atores Tato Gabus Mendes e Alexandre Barros, e o empresário Michel Klein já doaram seus rótulos preferidos.

Para participar do leilão, basta comprar um dos 300 lugares disponíveis, em 30 mesas, e para doar, basta enviar e-mail para leilaodevinhos@apaesp.org.br ou ligar para 11-5549-4138.

Participei na noite de sexta feira, 22 de maio, de um jantar organizado pela Ruinart, a mais antiga casa de champagne da França, marca pertence ao grupo Moët Hennessy que também possui a Veuve Clicquot, Moët Chandon, Dom Pérignon e a Krug, além de outros vinhos em diversos países do mundo, na oficina de ideias da artista plástica Ana Paula Castro, e que teve como objetivo divulgar uma experiência sensorial.  

A atividade intitulada Ruinart Interpretation, foi comandada Lúcio Rossi (Gerente Nacional de Vendas), Pablo Suarez (Enólogo Ruinart) e Chesley Vivaldi (Executivo de vendas ES) – foto acima – consistiu na tentativa de reconhecer os principais aromas (18 opções em uma ficha) tanto do Ruinart Brut, como do Rosê, através de 8 amostras de “essências” que foram distribuídas em um estojo personalizado.

Para o Ruinart Brut, feito somente com uvas brancas, as possibilidades foram:  Gengibre, Pimenta branca, pimenta rosa, mel, lima, grama cortado, pêssego branco, damasco, flor de laranjeira, grapefruit, abacaxi, maracujá, bergamota, jasmin, flor de acâcia, cascalho e limão.

Para o Champagne Ruinart Rosé as possibilidades foram: Cereja, mirtilo, framboesa, gerânio, Grapefreit rosa, fava tonka, goiaba, morango, noz moscada, groselha, romã, laranja sanguínea, menta, ruibarbo, rosas, espinheiro, cassis e lichia.

Ainda mais agradável foi poder combinar estes grandes champagnes com as criações em quatro etapas do renomado chef Duaine Clements, exclusivo do Cerimonial Le Buffet, de André e Giovana Rosa, que estavam lá de olho em tudo, mostrando muito profissionalismo.

Vieiras e lagostin marinado com vinagrete de pupunha e Limão siciliano; Garoupa grelhado com legumes crocantes e emulsão de ervas foi harmonizado com o Champagne Ruinart “Blanc de Blanc – 100% Chardonnay”. Um champagne extremamente alegre, com acidez, cremosidade, frescor e elegância de mãos dadas. Beberia uma caixa! Casou perfeitamente o os frutos do mar.

Já com o Champagne Ruinart Rosé – Blend de 55% Pinot Noir e 45% de Chardonnay – foi combinado com faisão com purê de cenoura, romã e acerola; e também com a sobremesa – sorvete de hybiscus, beterrada crocante e hortelã. Na taça mostrou concentração de frutas vermelhas tanto no nariz quanto em boca, além de boa estrutura e frescor, ideal para os pratos oferecidos.

Amazing Lineup

A Wine.com.br anuncia o lançamento do ClubeW Espumantes. A nova opção de assinatura ficará disponível somente por três meses – de junho a agosto – e terá a seleção dos rótulos realizada pelos Winehunters da empresa. O valor de cada garrafa será de R$ 58.

A novidade, que atende a pedidos de clientes, terá quantidade de assinaturas limitadas. Serão 9 mil ao todo e os sócios terão os mesmos benefícios que existem hoje nos outros clubes (ClubeW One, Classic e Premium) como: 15% de desconto e entrega gratuita em todas as compras no site. ”Serão três meses de muito conhecimento, pois preparamos seleções com estilos diferentes para levar para a casa dos sócios toda experiência que os espumantes podem oferecer”, diz Vicente Jorge, Winehunter da Wine.com.br.

A primeira seleção do ClubeW Espumantes já foi definida. Serão entregues na casa dos sócios os rótulos Real de Aragón Cava Brut e Real de Aragón Cava Brut Rosé. Segundo Vicente, “para a primeira seleção, escolhemos um Cava branco e um rosé elaborados em uma região fora pouco tradicional”. Uma das características dos espumantes é o fato de que a bebida é comumente saboreada em datas festivas e compartilhada entre amigos, o ‘caçador de vinhos’ ainda explica que “os espumantes são frescos, saborosos, divertidos, perfeitos para degustar com pessoas queridas e brindar em qualquer momento”.

Segundo o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), o consumo de espumantes no Brasil é cada vez maior, no início de 2015 foram comercializados 1,2 milhão de litros da bebida, o que significa um aumento de 15,2% em relação aos primeiros dois meses de 2014.

Realizado pela Federação do Comércio, de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Espírito Santo  (Fecomercio-ES), o Vitória Expovinhos 2015 – 7° Salão Internacional de Vinho de Vitória será realizado nos dias 24 e 25 de junho, no Centro de Convenções de Vitória. E os interessados em participar deste que é o maior e mais importante evento de vinhos do Espírito Santo já podem garantir a sua taça. As inscrições podem ser feitas pelo site www.rotaeventos.com.br.

Os organizadores do evento prevêem para esta edição cerca de 1500 rótulos de 16 países, que serão apresentados pelos expositores presentes à feira, que funciona no modelo de wine tasting, inédito e exclusivo no Espírito Santo. Nesse modelo, o participante inscrito recebe uma taça de cristal na recepção e pode degustar todos os vinhos apresentados pelos expositores presentes à feira. Além da oportunidade única de ter à sua disposição centenas de rótulos para degustação, os visitantes podem conversar com enólogos, sommelieres e representantes, que apresentam cada vinho, as suas origens e os tipos de uva. 

Serviço:

  • Evento: Vitória ExpoVinhos 2015 – 7º Salão Internacional do Vinho de Vitória
  • Data: 24 e 25 de junho
  • Local: Centro de Convenções de Vitória

Convite:

  • 1 dia: R$ 150,00
  • 2 dias: R$ 250,00
  • Confrarias, convites corporativos e grupos acima de 10 pessoas: 20% desconto
  • Informações: Rota Eventos – Tel.: (27) 3319-8110

Para você que estava sentindo falta de uma das melhores carnes do Espirito Santo já pode ficar animado. Depois de encerrar suas atividades na Praia do Canto, o restaurante Argento Parrilla abre sua terceira casa agora no shopping Vitória, trazendo o melhor da gastronomia argentina – com seus cortes especiais de carne usando a autêntica parrilla. O negócio é comandado pelo casal Fernando e Carolina Salem, junto com seu filho Matias (foto acima).

O ambiente com capacidade para 70 pessoas, tem decoração rústica, sofisticada e aconchegante. Marcas registradas das outras duas unidades em Vila Velha, na Praia da Costa e também no Shopping Vila Velha. A varanda, logo na entrada é também bastante agradável.

Para os amantes do vinho, o restaurante tem uma boa carta, com 80% de argentinos e o restante de chilenos, portugueses e espanhóis. O preço varia entre 50 e 100 reais. O restaurante ainda conta com um ambiente reservado (foto acima), como uma mesa para 12 pessoas, ideal pera confrarias e pequenos eventos.

Um bom começo por lá são as tradicionais empanadas, de carne e caprese – tomate, queijo e manjericão…

Seguindo com o também tradicional “Choripan“, um pão com linguiça delicioso…

E para fechar, um delicioso bife de chorizo com legumes na brasa!

Argento Parrilla Shopping Vitória – Av. Américo Buaiz nº 12.000 – 2º piso – Vitória – Capacidade: 70 pessoas. Horário: Seg a Domingo das 11:30 às 15:30 e das 18h às 22h. Cc: American Express, Visa, Dinners e Credicard; Cd: Visa Electron e RedeShop; Aceita cheque; ar-condicionado. Telefone: (27) 3334.6033

Ao completar 10 anos de existência, a linha de vinhos argentinos Penedo Borges, da Otaviano Bodega & Viñedos, localizada em Mendoza, apresenta, no dia 02 de junho, press tasting e aulas da culinária mendocina; além da presença do chef da vinícola Jesus Cahiza, no espaço Prosa na Cozinha.

A linha de vinhos Penedo Borges, da Otaviano Bodega & Viñedos, de Mendoza, na Argentina, completa 10 anos. Para comemorar a importante data, todos os sócios da Bodega participam e vêm para o circuito. Um deles, Euclides Penedo Borges (que dá nome à linha de vinhos), um apaixonado por esse universo e professor-diretor da ABS-RJ, fará palestras.  

O circuito, que acontece em São Paulo e no Rio de Janeiro entre 25 de maio e 05 de junho, apresenta jantares harmonizados em restaurantes e espaços gastronômicos renomados, como Miam Miam, Prosa na Cozinha e Depósito Gourmet, entre outros. No espaço Prosa na Cozinha, no dia 02 de junho, acontece um bate-papo com um dos sócios Euclides Penedo Borges. Também haverá uma aula de gastronomia mendocina para os convidados, que irão aprender um pouco mais sobre a gastronomia daquela região. 

O chef Jesus Cahiza, que está à frente do restaurante da Bodega, em Mendoza, vem especialmente para o Brasil para participar do evento. O chef mendocino apresenta alguns dos pratos de maior sucesso do cardápio. 

Cardápio:

Cazuela de Humita (Acompanha Espumante Blanc des Blancs);

Provoleta rellena con tomate y panceta ahumada (Acompanha Penedo Borges Chardonnay Reserva);  

Colita de cuadril rellena (Acompanha Penedo Borges Malbec – Shiraz Reserva);

Degustação de queijos mendocinos. (Acompanha Penedo Borges Icono Malbec);

Volcan de Dulce de leche con helado de frambuesa 

Empórios participantes:

Depósito Gourmet (RJ) http://www.depositogourmet.com.br 

La Botella (RJ) https://pt-br.facebook.com/labotellaipanema 

Salumeria (RJ) www.salumeria.com 

Sobre a Otaviano Bodega & Viñedos

Os vinhedos estão localizados em Mendoza, na Argentina, a 1.050 metros acima do nível do mar, ao pé da Cordilheira dos Andes, onde as amplitudes térmicas e a excelente insolação permitem obter uma maturação equilibrada. Selecionamos espécies varietais adaptadas ao terroir, em que prevalecem solos profundos e arenosos.

Estas características, conjugadas com um manejo cuidadoso dos vinhedos, utilizando técnicas de vitivinicultura de precisão e com respeito ao meio ambiente, empregando agroquímicos de baixo impacto e colhendo as uvas manualmente em caixas de 18 kg, permitem que nossos varietais expressem todo o seu potencial. 

Os vinhos Penedo Borges (PB) são produzidos artesanalmente e em quantidades limitadas visando maximizar sua qualidade. A Finca é situada no município de Luján de Cujo, conhecido como “a terra do Malbec”, em Mendoza, Argentina, onde existem cerca de 1,2 mil vinícolas. www.bodegaotaviano.com.

Sobre Euclides Penedo Borges

Euclides Penedo Borges, sócio-diretor da Bodega e que dá nome a linha de vinhos, é brasileiro, engenheiro, enófilo e professor e diretor da ABS-Rio (Associação Brasileira de Sommeliers). É autor dos livros “ABC Ilustrado do Vinho e da Vinha”, “110 Curiosidades Sobre o Mundo dos Vinhos e” “HARMONIZAÇÃO – o livro definitivo do casamento do Vinho com a Comida”. A qualidade dos vinhos da Bodega chamou a atenção do mercado, e começaram a surgir as primeiras premiações: Decanter Wine Awards (Londres, 2007), Argentina Wine Awards (em 2008, 2009 e 2010), Fingerlakes Wine Competition (Nova York, 2011) e, neste ano, a Decanter Wine Awards (Londres).  

Atualmente, 70% da produção vem para o Brasil e é comercializada em restaurantes e supermercados. O restante segue para Estados Unidos, México e Europa. A partir do segundo semestre deste ano, as exportações vão aumentar substancialmente para os Estados Unidos, considerando novas licenças locais e distribuidores em regiões nobres, como Nova York. A Penedo Borges acaba de firmar parceria com a Metropolis Wine Merchants, estendendo a comercialização do produto a Manhattan. 

Sobre Jesus Cahiza

Jesus Cahiza, quem assina o menu servido em Otaviano Bodega y Viñedos, é conhecido como chef revelação de Mendoza. Após terminar o curso de gastronomia na faculdade “Islas Malvinas” na cidade vitivinícola, seus primeiros passos profissionais foram ao lado do famosos chef Jean Paul Bondoux, no restaurante La Bourgogne de Mendoza. 

Seu perfil empreendedor o levou a investir no setor de catering para eventos sociais e empresariais, sendo hoje, sua empresa Gourmag uma referência deste ramo que cresce dia a dia na cidade de Mendoza. Atualmente, Jesus Cahiza comanda o menu de 6 restaurantes além de sua empresa de catering, com mais de 100 colaboradores permanentes e até 200 temporários.