search engine optimizationsubmit websiteemail extractor

José Luiz Moreira da Silva, o novo enólogo da Quinta dos Murças – projeto da Esporão no Douro – esteve recentemente em Vitória para participar como palestrante na Vitória ExpoVinhos 2016. Durante os dias na capital tirou um tempinho e reuniu alguns jornalistas no restaurante Aleixo para um bate papo regado a uma vertical de Quinta dos Murças Reserva (2008, 2009, 2010 e 2011) e o Quinta dos Murças VV47 safra 2012, com lançamento previsto em novembro deste ano.

Adquirida em 2008, a quinta está situada junto à estação de Covelinhos, no qual se estende por 3,2 km ao longo da margem direita do rio Douro. São 60 ha com 300 mil videiras de até 80 anos, na sub-região do Cima Corgo – classificação letra A – com os melhores vinhedos, que origina vinhos mais concentrados e com maior potencial de envelhecimento. No início, sob o comando do enólogo David Baverstock, a Quinta dos Murças passou por uma reestruturação nas vinhas e na adega para melhorar a qualidade, permitir a mecanização da área dos vinhedos (muito inclinados) e recuperar patamares destruídos por ausência de sistema de drenagem.

Apesar da reestruturação a quinta preservou o melhor de sua tradição: lagares de pisa a pé convivem com os de pisa mecânica, os primeiros destinados aos vinhos topo de gama, os segundos aos do dia a dia: simples, corretos, com boa relação qualidade x preço. Caso da linha de entrada da vinícola, o Assobio.


Vertical de Quinta dos Murças (2008, 2009, 2010 e 2011) – Vinhas velhas – 12 meses em madeira – 24 meses em garrafa – Tinta Roriz/Tinta Amarela/Tinta Barroca/Tinta Miúda/Touriga Nacional/Touriga Francesa/Sousão – fermentado em lagares, pisa a pé, leveduras indígenas, pude verificar que os vinhos das safras 2008 e 2009 estavam mais maduros, envolventes e concentrados, e os das safras 2010 e 2011, mais delicados, frescos, com um estilo diferente, confirmado pelo enólogo José Luiz. É o novo caminho do Murças. A busca pela elegância e frescor. Preço em torno de R$ 250,00 – Importadora Qualimpor.


Já o Quinta dos Murças VV47 safra 2012 (ainda sem rótulo – lançamento previsto para novembro), foi elaborado com uvas de parcela de vinhedo plantado em 1947 (69 anos) – A produção videira produz somente um cacho por videira – fermentado em lagares – pisa pé e leveduras indígenas. Uvas principais – Tinta Roriz, Tinta Amarela, Tinta Barroca, Touriga Nacional, Touriga Franca e Sousão; que foi envelhecido por 18 meses em barril – 18 meses em garrafa – 14,5% – Um vinho com estilo menos concentrado e mais elegante, fresco, com um enorme potencial de guarda, em virtude de sua acidez, segundo o enólogo. Preço em torno de R$ 800,00 – Importadora Qualimpor.

Pela quarta vez consecutiva a carta de vinhos do Restaurante Madero/Durski, comandado pelo chef Junior Durski, conquista o Grande Prêmio de Excelência, um dos mais importantes prêmios do país na categoria de vinhos.

Promovido pela revista Prazeres da Mesa, a 11ª edição do Prêmio Melhores Cartas de Vinho avaliou cartas de bares, restaurantes e hotéis do Brasil e mais 11 países da América do Sul. Um time de jornalistas e especialistas convidados identificam critérios como qualidade, precisão das informações e variedades de regiões. No total são duas categorias: Prêmio de Excelência (entre 50 e 200 rótulos) e Grande Prêmio de Excelência (acima de 200 rótulos).

A premiação aconteceu na última segunda-feira (20 de junho), na Casa Bossa (Shopping Cidade Jardim), em São Paulo. Cerca de 500 pessoas participaram do evento que reuniu jornalistas, empresários, enólogos, entre outros. Junior Durski recebeu o prêmio das mãos do diretor editorial da Revista Prazeres da Mesa, Ricardo Castilho.

“O grupo Madero/Durski prestigia o prêmio Melhores do Vinho desde o início. A preocupação com a qualidade de sua carta de vinho é constante e a seleção de rótulos é um diferencial, atendendo todas as faixas de preço. Premiar esse trabalho é motivo de satisfação para a equipe de Prazeres da Mesa, porque com isso ajudamos a desenvolver o setor do vinho no Brasil e a consagrar quem faz um trabalho bem feito”, disse Ricardo Castilho, diretor editorial da revista Prazeres da Mesa.

Para o chef e empresário Junior Durski, “o reconhecimento atesta, mais uma vez, a qualidade da adega. Vim pessoalmente receber o prêmio porque sei do trabalho criterioso do time de especialistas da Revista Prazeres da Mesa”. Durski esteve na cerimônia acompanhado do diretor de marketing do grupo, Leandro Lorca.

Carta de Vinhos

A carta de vinhos do Restaurante Madero e Durski International Cuisine, localizado no bairro São Francisco – centro histórico de Curitiba, possui quase 2.548 rótulos, 100 safras diferentes de 24 países, sendo a mais antiga de 1780. Alguns dos destaques são o celebrado Romanée Conti, da safra de 1988, o Château Haut-Brion de 1934 e o famoso Château d’Yquem, melhor vinho branco doce do mundo, presente na adega com 74 safras.

Adega do Madero

A “seleção de vinhos” da carta dos demais restaurantes Madero do país é uma versão reduzida desta principal. São 73 rótulos de vinhos e espumantes de países como Argentina, Chile, África do Sul, Austrália, Nova Zelândia, Espanha, França, Itália, Portugal e Uruguai.

No total, são 57 opções em garrafa, 9 opções em meia garrafa (375 ml), 4 opções em um quarto de garrafa (187 ml) e 3 opções em taça: madeira Justino’s (R$10), Olaria Branco (R$14) e Olaria Tinto (R$14), vinhos branco, tinto e de sobremesa, respectivamente. Os valores variam de R$ 10,00 a R$ 637,00.  A rede também satisfaz quem prefere levar a bebida de casa, pois nenhum dos restaurantes cobram taxa de rolha.

No Espírito Santo, o restaurante Madero Steak House está localizado no Shopping Vitória e em breve a rede abre no estado sua segunda filial steak house, deste vez em Vila Velha, no Shopping Praia da Costa.

Serviço

Madero Vitória

Onde: Shopping Vitória – 2º piso – Praça de Alimentação - Av. Américo Buaiz, 200 – Enseada do Suá, Vitória

HORARIO DE FUNCIONAMENTO:

Segunda a quinta: 12h às 15h – 18h às 23h
Sexta e Sábado: 12h à 00h

Domingo e feriados: das 12h às 22h30

Happy Hour: Das 18h às 20h (de segunda a sexta, exceto feriados)

Saiu o resultado Top Five – Vitória ExpoVinhos 2016, que premiou os cinco melhores vinhos degustados em cada categoria na tarde de ontem por um grupo de jurados no Hotel Senac Ilha do Boi. Foram seis categorias: Tinto e Branco Velho Mundo, Tinto e Branco Novo Mundo, Espumante e Sobremesa.

Com a divulgação do resultado antes do evento os visitantes poderão degustar os vinhos premiados durante os dois dias da feira, que começa hoje a partir das 18 horas no Centro de Convenções de Vitória, em Santa Lúcia. Quem ainda não fez a sua inscrição, poderá fazer na hora.

Para o consumidor do dia a dia, já experiente ou iniciante, os concursos com sua sistemática de pontuação auxiliam a diminuir a possibilidade de erro na escolha do rótulo – afinal, são muitas as opções nas prateleiras das lojas!

Conheça os vinhos premiados – Vitória ExpoVinhos 2016

Espumante

  • Vértice Milésime 2012 – Portugal – Douro – Adega Alentejana
  • Cavas Hill Vintage 2008 – Penedés – Espanha – Cantu
  • Cava Don Roman – Espanha – Porto a Porto
  • Segura Viudas Reserva Heredad – Freixenet -  Barcelona – Qualimpor
  • Crémant de Bourgogne Grande Cuvée Brut – Veuve Ambal Bourgogne (França) – World Wine

Branco do velho mundo

  • QPA Branco Reserva DOC – Portugal/Douro – Canto do Vinho
  • Latour Martillac – Bordeaux/França – Carone
  • Comendador Leonel Cameirinha Reserva 100% Chardonnay – Portugal – Hc Representações 
  • Toques & Clachers Autan Limoux Chardonnay Aoc – Sieur Darques / Limoux – Kanal Distribuidora
  • Terra D’alter – Telhas Branco – Alentejo/Portugal – Obra Prima

Branco do novo mundo

  • Siegel Gran Reserva Sauvignon Blanc – Leida/Chile – Canto do Vinho
  • Rayun Gran Reserva Chardonnay – Chile – Vale de Limarí
  • Penalolen Sauvignon Blanc – Maipo/Chile
  • Miolo Cuvée Giuseppe Chardonnay – Vale dos Vinhedos/Brasil – Miolo
  • Marques De Casa Concha – Chile – Vale de Limarí

Tinto do velho mundo

  • Crochet 2012 – Douro/Portugal – Adega Alentejana
  • Casabel 2013 – Lisboa Portugal – Aliança
  • Caltelforte Valpolicella Doc – Veneto/Itália – Kanal Distrinuidora
  • Crasto Superior Syrah 2013 – Douro/Portugal – Qualimpor
  • Tellus Syrah Igp Lazio 2013 – LAZIO/Itália – Winebrands

Tinto do novo mundo

  • Apaltagua Colection Pinot Noir 2012 – Chile/ Apalta – Carone
  • Siegel Single Vineyard Carmenere 2014 – Colchagua/Chile – Canto do Vinho
  • As 3 Premium 2012 – Chile – Olisul
  • Pizzato Verve 2012 – Vale dos Vinhedos/Brasil
  • Toro Doro Family Reserva Cabernet Sauvignon 2014 – Chile

Sobremesa

  • Erasmo Late Harvest Torrontel 2009 – Chile/Maipo – Carone
  • Chateau Grand Dousprat 2011 – Sauternes/ Bordeaux – Kanal Distribuidora
  • Porto Coroa de Rei Colheita 1994 – Portugal/Douro – Obra Prima
  • Messias 10 Anos – Porto/Portugal – Porto a Porto
  • Taylor’s Tawny 20 anos – Porto/Portugal – Qualimpor

Em nota divulgada no dia de hoje, a wine.com.br informa que celebrou contrato para a admissão da Península Participações, empresa de investimentos da família Abilio Diniz, como seu novo acionista, por meio de aporte de capital. Este investimento representa a união de esforços da e.Bricks e da Península e será utilizado para ampliar a atuação da Wine.com.br e da WBeer.com.br no mercado nacional, bem como acelerar a internacionalização de suas operações. 

Rogério Salume, segue como sócio e CEO da companhia. Fernando Opitz, primeiro investidor do projeto, permanece na sociedade.

Wine.com.br oferece hoje cerca de dois mil rótulos de vinhos finos das principais regiões vitivinícolas do mundo. A empresa possui um centro de distribuição em Serra (ES), de onde saem os produtos para todo Brasil em embalagens especiais, as WineBox. Por meio de uma série de parcerias com operadores logísticos, a empresa garante a entrega para mais de 300 mil clientes ativos em todo o país.

Além da loja virtual (www.wine.com.br), a companhia administra o maior clube de assinaturas de vinhos do país, o ClubeW, com aproximadamente 140 mil associados. A empresa opera ainda uma marca de e-commerce de cervejas, a WBeer (www.wbeer.com.br), e o Clube WBeer.

“A Wine.com.br é uma empresa inovadora que está ampliando o mercado de vinhos no país, do consumidor final ao B2B. Esse novo investimento faz parte da estratégia de diversificação do portfólio da Península e esperamos contribuir com nossa experiência em gestão e no setor de varejo”, disse Abilio Diniz, presidente do Conselho de Administração da Península.

“A chegada da Península reforça ainda mais o nosso entusiasmo na Wine.com.br. A excelência de Abilio e seu time no varejo e na gestão aliada à expertise tecnológica da Wine.com.br e da e.Bricks serão fundamentais para a execução do plano de crescimento e expansão internacional da companhia”, diz Eduardo Sirotsky Melzer, presidente do Conselho da e.Bricks Digital e do Grupo RBS.

“A nossa missão é democratizar o acesso ao vinho no Brasil. Para isso, nos dedicamos a construir uma operação de e-commerce baseado no modelo de seleção de produtos, indicação e entrega aos clientes – consumidores finais ou estabelecimentos comerciais – que levou uma proposta de valor que é extremamente reconhecida pelos consumidores de todo o país, associada à conveniência e à qualidade de serviço”, diz Rogério Salume, acionista e CEO da Wine.com.br.   

A operação está condicionada ao cumprimento de condições precedentes, sendo que as partes estimam que o fechamento deverá ocorrer em torno de 60 dias.

Chegou a hora, a partir de amanhã no Centro de Convenções de Vitória estará acontecendo o Vitória ExpoVinhos 2016. O 8° Salão Internacional do Vinho de Vitória vem crescendo em número de visitantes, expositores e em qualidade. O formato da feira é “Wine Tasting”, que exige do visitante o braço constantemente esticado com a taça em punho e uma certa dose de paciência. Mas vale a pena. O raciocínio é simples. Funciona como um rodízio de vinho. Por um preço único será possível conhecer centenas de rótulos, entre espumantes, brancos, tintos, e de sobremesa. Além disso será possível assistir palestras, participar de cursos e conversar pessoalmente com os grandes nomes da vitivinicultura nacional e mundial.

Segue algumas dicas para você poder aproveitar sem arrependimentos.

  • Vá de taxi
  • Não use perfume, atrapalha sentir os aromas.
  • Não esqueça de se alimentar bem antes de iniciar a maratona de degustações.
  • Faça o seu roteiro, você não terá nem tempo e nem fígado para degustar todos os vinhos.
  • Procure conhecer novos vinhos, de variados países, assim melhorando seu conhecimento.   
  • Beba bastante água.
  • Cuspa o vinho, engula somente os que achou melhor no final.
  • Procure provar os vinhos simples da vinícola, antes dos melhores, é um sinal de respeito ao produtor.  

Como fazer a sua inscrição:

http://credencialonline.com.br/expovinhos2016

Mais informações: Rota Eventos – Tel.: (27) 3319-8110

Confrarias, convites corporativos e grupos acima de 10 pessoas: 10% de desconto

Valor para um dia: R$ 150,00

Valor para dois dias: R$ 200,00


Referência nacional e uma das principais empresas no mercado de espumantes e vinhos no Brasil, o Grupo Miolo apresenta lançamentos e rótulos premiados no Vitória Expovinhos – Salão Internacional do Vinho de Vitória. A feira acontece na capital do Espírito Santo nos dias 22 e 23 de junho e contará com a presença de Alexandre Miolo, que desembarca em Vitória especialmente para o evento.


Entre os destaques da marca para o Vitória Expovinhos, está o lançamento da safra 2012 de dois ícones: o espumante Miolo Millésime Brut (foto à direita) e o Miolo Lote 43 (foto à esquerda). Elaborado pelo método tradicional, o Miolo Millésime Brut é produzido exclusivamente em safras excepcionais, caso da 2012, que, considerada uma das melhores dos últimos anos, também rendeu uvas especiais para a nova safra do Miolo Lote 43. Ambos possuem a certificação D.O. Vale dos Vinhedos, primeira região do Brasil a receber o selo de Denominação de Origem.

Além das novas safras, a Miolo apresenta suas linhas de espumantes, que expressam as características dos principais terroirs do Brasil: 

- da tradicional região do Vale dos Vinhedos (RS), a marca apresenta a premiada linha Miolo Cuvée Tradition nas versões Brut Rosé e Brut, este último considerado um dos melhores da América do Sul pela revista inglesa Decanter e também destaque em Paris, na loja Soif D’ailleurs, como espumante mais vendido;

- de sua unidade no Vale do São Francisco, na Bahia, a Miolo traz os espumantes Terranova Moscatel eBrut Rosé. Descontraídos e festivos, são fáceis de beber e atraem paladares mais jovens, características comuns em todos os rótulos da linha;

- as borbulhas dos rótulos Almadén Brut trazem as particularidades dos vinhedos da região da Campanha, no Rio Grande do Sul; possuem uma excelente relação custo x benefício e seus espumantes, jovens e descomplicados, são elaborados especialmente para a categoria de entrantes no mundo do vinho, como são conhecidos os consumidores que estão começando a apreciar a bebida.

Três outros rótulos emblemáticos dos terroirs brasileiros também serão trazidos pela Miolo ao 8° Vitória Expovinhos: o tinto Quinta do Seival Castas Portuguesas, elaborado na região da Campanha, e osbrancos Miolo Cuvée Giuseppe Chardonnay, que possui certificação D.O. Vale dos Vinhedos, e RAR Gewürztraminer, da região de Campos de Cima da Serra (RS).

Vitória Expovinhos

22 e 23 de junho | Das 18 às 23 horas

Centro de Exposições de Vitória – Vitória/ES

R. Constante Sodré, 157 – Santa Lúcia

 

A Ervideira, produtor do Alentejo, em Portugal, colocou em 2015 – 30.000 garrafas do seu topo de gama, o Conde D’Ervideira Reserva Tinto 2014, na Albufeira de Alqueva, junto à Amieira Marina. Estas garrafas estagiaram a 30 metros de profundidade durante 8 meses, dando origem ao Conde D’Ervideira Vinho da Água Reserva Tinto 2014.

Num processo inovador e pioneiro no Alentejo, a Ervideira buscou obter um vinho com mais corpo, juventude e estrutura, tornando-se mais aromático e com uma cor mais violácea, proporcionado pelas condições de submersão aquática de total ausência de luz, bem como a temperatura de 17ºC, em qualquer momento do dia ou do ano.

As águas do Alqueva continuam a receber garrafas. Depois que as primeiras foram retiradas das profundezas, outras ocuparam o lugar estando prevista uma rotação de 32 mil garrafas. Ou seja, vai-se transformar o fundo da albufeira numa espécie de armazém subaquático com um mínimo constante de 15 mil, estando já a ser testada a mesma solução nos vinhos brancos. Para isso vão colocar na água três ou quatro mil garrafas para depois se analisar o resultado.

O Conde D’Ervideira Reserva Tinto 2014, produzido a partir das castas Touriga Nacional,Aragonez, Alicante Bouschet e Cabernet Sauvignon, será lançado na ExpoVinhos Vitória, na próxima semana entre os dias 22 e 23 de junho no Centro de Convenções de Vitória – http://credencialonline.com.br/expovinhos2016/inscricao.

Em comunicado enviado à imprensa, a Sogrape (da família Guedes) informa a tão esperada decisão: o próximo Barca Velha é de 2008. 

Este vinho tinto do Douro é o mais emblemático dos vinhos portugueses e um dos mais raros e caros vinhos de Portugal.

Desde 1952, até hoje, apenas 18 colheitas foram declaradas como tal e o enólogo da casa Luís Sottomayor justifica a decisão do ano 2008 como sendo o resultado de “uma vindima excepcional na Quinta da Leda” – propriedade de 160 hectares, que dá hoje origem à maior parte dos vinhos que integram o lote composto pelas castas tradicionais da região.  

“Os grandes vinhos revelam-se logo à nascença, mas os vinhos superiores, aqueles que ficam para escrever e contar histórias, esses precisam de provar que merecem um lugar na garrafeira e passar o teste do tempo”, comenta o enólogo, justificando os 8 anos que o vinho esteve em garrafa – tal como aconteceu com o de 2004 ou com outras colheitas anteriores. 

O Barca Velha, que ficou hoje a saber-se terá como ano de safra 2008, só será comercializado a partir de Outubro, data prevista para o seu lançamento.

Quanto a preços, não há conhecimento, mas, a ver pela expectativa que sempre precede o acontecimento – cada uma das 18.000 garrafas que serão colocadas à venda não andará longe dos 300/400 euros, que é o preço do Barca Velha 2004 em loja.

Começou hoje em São Paulo a maior feira de vinhos do Brasil, a ExpoVinis 2016. Como em todos os anos, um grupo de especialistas, sob a supervisão de Jorge Lucki, elegem os melhores vinhos do evento, divididos em 10 categorias, o famoso Top Ten.

Confira os premiados no TOP TEN Expovinis 2016

Espumante nacional

Gran Legado Brut Champenoise

Espumante importado

Hunter Miru

Branco brasileiro

Don Guerino Sinais SB

Branco importado

Gomila Single Vineyard Selection SB

Rosado

Domaine D’estienne Coteaux Varois en Provance 2015

Tinto brasileiro

Lidio Carraro Agnus Tannat

Tinto Novo Mundo

Ballena Azul Family Reserve

Tinto Velho Mundo Península Ibérica

Clos del Mas Bodega Pinard

Tinto Velho Mundo

IL Brecciolino Castelvecchio

Fortificado e Doces

Quinta do Sagrado Vintage 2011

Na noite de ontem participei da Avant Première do restaurante Madero Steak House, no Shopping Vitória, famoso no mercado gastronômico nacional pela sua alta qualidade e rápida expansão. O restaurante oferece sanduiches gourmet, carnes especiais e petiscos variados. Uma comida gostosa, com atendimento atencioso num ambiente diferenciado. O Cheese Bacon, o Palmito assado e o lombo de porco empanado foram pratos que mais gostei.

A carta de vinhos é variada, com rótulos da Argentina, Austrália, África do Sul, Uruguai, Espanha, Itália, França, Portugal e Nova Zelândia, e preços que iniciam a R$ 14 a taça com 150ml e R$ 54 a garrafa de 750 ml. Senti falta somente de um rótulo brasileiro. Uma pena, merecemos. Para quem quiser levar seu vinho, fique tranquilo, o Madero não cobra taxa de rolha! Você será muito bem recebido!

Shopping Vitória – 2º piso – Praça de Alimentação – Av. Américo Buaiz, 200 – Enseada do Suá, Vitória – www.restaurantemadero.com.br